CORONAVÍRUS: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER REUNIDO AQUI! 

By Equipe Dr. Alexandre 4 meses agoNo Comments
Home  /  Blog  /  CORONAVÍRUS: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER REUNIDO AQUI! 

Separei as perguntas mais feitas nas últimas semanas, bem como as questões mais importantes que todo mundo deveria saber sobre o CORONAVIRUS. Veja: 

Afinal, o que é o CORONAVÍRUS? 

É um vírus que causa um quadro gripal leve, moderado ou grave: a COVID-19.  

Em resumo, a doença causa uma infecção pulmonar. Nos casos mais brandos tem aparência de um resfriado comum ou uma leve gripe, todavia, nos casos mais graves, a pessoa tem dificuldade para respirar e o quadro pode evoluir para uma pneumonia e, em última instância, até falência múltipla dos órgãos. 

Porque o mundo inteiro está tão assustado e com tanto medo? 

A COVID-19 é tão assustadora pois, como é algo novo, e nunca se teve contato com o vírus antes, não existe imunidade. Além disso, não há remédio ou vacinas licenciadas contra ele, bem como não se sabe ainda todas as reações que este pode causar. 

É importante ressaltar que, em casos extremos, a doença pode matar. Todavia, até então, é uma doença menos letal do que muitas outras que já conhecemos. 

Como é transmitida? 

É transmitida por meio de gotículas que a gente solta ao tossir, espirrar e até ao respirar e, uma gotícula pode conter milhões de vírus capazes de contaminar pessoas próximas e objetos. 

Dessa forma, ela pode penetrar pelas mucosas da boca, do nariz e dos olhos.  

Como a doença age? 

A doença atua, principalmente, nas vias respiratórias, onde se encontra o maior perigo. 

Quais são os sintomas? 

Os sintomas são muito parecidos com o de uma GRIPE COMUM, mas fique em estado de alerta se tiver: 

– FEBRE; 

– FADIGA PERSISTENTE; 

– TOSSE SECA; 

– DIFICULDADE PARA RESPIRAR. 

Também podem estar entre os sintomas a coriza, a diarreia e a dor no corpo. 

O que fazer se você apresentar os sintomas? 

A princípio, não vá para o Hospital. Permaneça em casa e entre em contato com o seu médico e siga as orientações que lhe forem passadas. Evite contato com outras pessoas. 

Se houver piora do quadro respiratório, deverá procurar uma Unidade de Urgência. 

 

Pessoas infectadas, mas sem sintomas podem transmitir a doença? 

SIM! Por isso é importante tomar todas as medidas necessárias de segurança e higiene, inclusive evitar muitos contatos pessoais e aglomerações. 

Como é feito o tratamento? 

Como ainda não há remédio específico para tal, os médicos tratam os sinais e sintomas. Nos casos leves são administrados antitérmicos e, nos casos mais graves, remédios para pneumonias. 

Quem corre mais risco? 

Pessoas acima de 60 anos e aquelas com doenças crônicas correm um risco muito alto e devem ter um cuidado muito grande. 

As crianças e bebês, por serem tão vulneráveis, também estão classificadas como risco alto, todavia, conforme estatísticas, raramente adoecem. 

Nesse sentido, também existe uma preocupação em relação às grávidas, mas, apesar de passarem por mudanças imunológicas e merecem cuidado, não há dados específicos em relação a isso. 

Como se prevenir? 

Segue abaixo 10 dicas importantes e simples para a sua prevenção: 

1) Lave as mãos: lave as mãos regularmente até a altura dos punhos com água e sabão ou limpe com álcool gel 60% a 70%; 

2) Mantenha distância de 1,5 metro de qualquer pessoa que apresente alguns dos sintomas; 

3) Evite tocar o seu próprio rosto (olhos, nariz e boca) sem higienização; 

4) Higienize com frequência seus objetos de uso pessoal, como celulares, mesas, maçanetas, teclados de computador etc; 

5) Evite abraços, beijos e apertos de mão; 

6) Ao tossir e espirrar, cubra a boca e o nariz com um lenço descartável ou, na falta deste, use o antebraço; 

7) Não saia de casa se não estiver bem; 

8) Evite estádios, shows, cinemas, teatros e outros tipos de grandes aglomerações; 

9) Evite viagens em transportes coletivos e, caso não seja possível, tente não ter contato com outras pessoas e redobre os cuidados com a higiene; 

10) Não entre em pânico!  

 

Fontes: 

– Ministério da Saúde:  https://saude.gov.br/ 

– Organização Mundial da Saúde Brasil (OMS Brasil): https://www.who.int/eportuguese/countries/bra/pt/ 

Category:
  Blog
this post was shared 0 times
 000

Leave a Reply

Your email address will not be published.