QUAL A MELHOR MANEIRA DE LIDAR COM UM PACIENTE ONCOLÓGICO? 

By Equipe Dr. Alexandre 1 mês agoNo Comments
Home  /  Blog  /  QUAL A MELHOR MANEIRA DE LIDAR COM UM PACIENTE ONCOLÓGICO? 

Este blog post é direcionado aos familiares e amigos de pacientes oncológicos. Entenda as nossas orientações e entenda o seu papel fundamental no tratamento. 

 

Quando um paciente recebe um diagnóstico de câncer, é muito importante que ele receba apoio emocional e prático de amigos e familiares. Por conviver diariamente com pacientes nesta situação, separei algumas dicas que entendo serem importantes para que esse apoio seja forte e efetivo no dia a dia. 

A primeira dica envolve você: familiar ou amigo do paciente. Se o paciente é próximo de você, provavelmente o diagnóstico também envolva os seus sentimentos em relação à situação. Nesse sentido, é necessário que você entenda suas emoções e reações para que, sabendo lidar com a situação, você seja capaz de cuidar e apoiar o paciente. 

Em segundo lugar, é importante que você entenda que cada paciente lida com o próprio diagnóstico de uma maneira específica, e você deve respeitar as reações e processos deste. 

Além dessas duas dicas principais retro mencionadas, algumas posturas podem ajudar você, familiar e amigo de um paciente oncológico, a se preparar melhor para este momento de suporte e acolhimento. Veja: 

 

O QUE DIZER?
 

  • Pergunte como a pessoa está; 
  • Pergunte se ela quer falar sobre o assunto; 
  • Pergunte se pode fazer algo para ajudar; 
  • Reforce que a pessoa pode contar com você. 

 

O QUE EVITAR?
 

  • Evite comparar a situação dela com a de outras pessoas; 
  • Evite falar nas generalidades sobre as chances de recuperação e sobrevivência, ou minimizar a situação; 
  • Evite usar linguagem que pode fazer com que a pessoa se sinta culpada (por exemplo: “Você pode vencer isso”, “Você deve lutar”, “Não desista”). 
  • Evite mencionar novidades terapêuticas ou curas alternativas sobre as quais você tenha lido; 
  • Não conte para outras pessoas, deixe que a pessoa conte a quem ela quiser;
  • Evite sobrecarregar o paciente com seus próprios sentimentos sobre a doença. 

 

QUAIS ATITUDES TOMAR? 

 

  • Pergunte se a pessoa gostaria de falar sobre a experiência e deixe-a decidir o que, quando e quanto compartilhar;
  • Esteja disposto a falar sobre suas experiências e permitir que ela compartilhe seus medos; 
  • Esteja disponível para conversar quantas vezes ela quiser e respeite se a pessoa precisar de espaço; 
  • Fale sobre outras coisas além do câncer. 
  • Ofereça assistência mesmo com pequenas tarefas e pergunte o que poderia ser mais útil. 

 

O QUE FAZER DE FORMA PRÁTICA? 

 

  • Caso necessário, acompanhe o paciente durante o tratamento e consultas médicas; 
  • Auxilie nos cuidados de limpeza dos ambientes em que o paciente frequenta; 
  • Tenha paciência e ajude o paciente em suas dificuldades geradas pelo tratamento; 
  • Promova atividades extras e que o paciente dê conta de realizar, para tirá-lo da sua rotina. 

 

Atitudes como as mencionadas podem tornar o tratamento do paciente mais leve e auxiliá-lo a encarar o diagnóstico com mais força sem perder o ânimo, o que é de extrema importância,  que a sua postura e a sua saúde mental podem ser muito positivas para a recuperação dele! 

Para saber mais, acompanhe as minhas redes sociais: 

Youtube 

Instagram  

Category:
  Blog
this post was shared 0 times
 000

Leave a Reply

Your email address will not be published.