GLÂNDULA TIREOIDE: DOENÇAS MALIGNAS E BENIGNAS

By Equipe Dr. Alexandre 7 meses agoNo Comments
Home  /  Blog  /  GLÂNDULA TIREOIDE: DOENÇAS MALIGNAS E BENIGNAS

Você sabe quais são as doenças que envolvem essa glândula? Confira esse post em que explicamos sobre as diferentes patologias!

 

 

A glândula tireoide é responsável pela produção dos hormônios tri-iodotironina (T3) e tiroxina (T4), que são responsáveis por regular o metabolismo do corpo. Ela está localizada na frente do pescoço, abaixo da laringe e das cordas vocais.

 

Além disso, o bom funcionamento de todo o organismo depende do bom desempenho da glândula tireoide, pois é ela quem equilibra o ritmo do organismo. A diminuição da produção dos hormônios T3 e T4 desacelera o metabolismo e o aumento produz o efeito inverso.

 

Veja a seguir quais são as doenças que podem acometer essa glândula:

 

DOENÇAS BENIGNAS

 

As doenças benignas são aquelas patologias que se caracterizam pela formação de células semelhantes às do tecido original e que crescem de forma lenta. Apesar de não se comportar como um câncer, também podem causar algumas complicações. Entre elas existe:

 

Inflamação crônica da tireoide: também chamada de tireoidite, é uma reação do corpo contra a própria tireoide. Pode cursar com diminuição da produção do hormônio a longo prazo. Alguns casos podem surgir de forma aguda e causar dor na região da glândula e até mesmo quadro de hipertireoidismo (produção excessiva e hormônio).

 

– Aumento da tireoide

 

O crescimento anormal da tireoide é chamado de bócio, que consiste em uma condição que altera o tamanho e o formato da glândula. Eles podem ser difusos, acometendo a toda a glândula, ou nodulares.

 

– Nódulos

 

A presença de nódulos na glândula tireoide, em grande parte dos casos, é uma doença benigna, porém exige cuidados da mesma forma. Os nódulos, quando são grandes, podem gerar alguns sintomas, como alterações na deglutição e dificuldade respiratória.

 

A formação desses nódulos, principalmente se volumosos ou mergulhantes, provoca uma compressão no esôfago e na traqueia, o que explica essas dificuldades de engolir e respirar.

 

Essas saliências também causam um efeito estético indesejado no pescoço, além de poderem produzir excesso de hormônio tireoidiano, o que causa o hipertireoidismo.

 

DOENÇAS MALIGNAS

 

As doenças malignas são as neoplasias chamadas de câncer e são caracterizadas pelo rápido crescimento de células que possuem maior mobilidade. Por isso, podem se propagar facilmente pelo organismo, iniciando um processo que chamamos de metástase.

 

O câncer de tireoide ocorre quando células malignas surgem na glândula. O seu aparecimento é mais comum em pessoas com histórico familiar da doença ou que realizaram tratamentos com radiação na região da cabeça e do pescoço. Entre esses tumores, destacamos:

 

  • papilífero: é o tumor de crescimento lento, assintomático e que pode se espalhar pelos gânglios linfáticos do pescoço. Trata-se do tipo mais comum, sobretudo em mulheres. A chance de cura em pacientes jovens é de quase 100% quando diagnosticado e tratado a tempo;

 

  • folicular: é o segundo tumor mais frequente, também de crescimento lento e assintomático e tem maior taxa de metástase para os pulmões ou ossos. O percentual de cura é menor em pacientes idosos;

 

  • medular: originário de células produtoras de calcitonina e que também estão presentes na tireoide. Pode aparecer de forma esporádica ou associado a doença de origem genética/familiar, chamada de Neoplasia Endócrina Múltipla. É um tumor menos frequente mas mais agressivo que os outros dois anteriores. Esse tipo de câncer pode se espalhar para os linfonodos, pulmão, cérebro, fígado ou ossos;

 

  • anaplásico: é o tipo mais raro e o mais agressivo, com baixa taxa de cura. Acomete mais frequentemente pessoas a partir dos 65 anos e pode estar associado com história de bócio antigo.

 

SAIBA MAIS

 

Para mais informações sobre doenças, tratamentos, e muito mais, acesse o meu Instagram clicando aqui, e veja as outras notícias do meu site clicando aqui.

Category:
  Blog
this post was shared 0 times
 000

Leave a Reply