O QUE SÃO: LEUCOPLASIA E ERITROPLASIA?

By Equipe Dr. Alexandre 9 meses agoNo Comments
Home  /  Blog  /  O QUE SÃO: LEUCOPLASIA E ERITROPLASIA?

Você já ouviu falar dessas possíveis lesões pré-cancerígenas? Então leia mais!

 

Leucoplasia e eritroplasia são lesões na mucosa da boca e faringe que podem parecer inofensivos de início, mas que, com o tempo, podem se tornar malignos.

São as chamadas lesões cancerizáveis.

  • Leucoplasia é uma mancha branca ou cinza.
  • Eritroplasia pode ser ligeiramente abaulada, vermelha e que pode sangrar facilmente
  • Eritroleucoplasia é uma mancha com áreas vermelhas e brancas.

 

 

PRINCIPAIS DIFERENÇAS

A gravidade da leucoplasia ou da eritroplasia só pode ser determinada por um exame clínico complementado, quando necessário, por uma biópsia.

Na maioria das vezes, a leucoplasia é uma condição benigna que pode evoluir para câncer. Cerca de 25% das leucoplasias ou são cancerosas quando detectadas ou podem evoluir para câncer em períodos tão longos como 10 anos se não forem tratadas.

Geralmente, a eritroplasia é mais séria e de 70% a 95% dessas lesões são cancerosas na época da biópsia inicial ou vão evoluir para um câncer.

 

PRINCIPAIS CAUSAS

As causas mais frequentes de leucoplasia e eritroplasia são fumar e mascar tabaco. Mas, às vezes, não existe uma causa óbvia. A displasia geralmente pode desaparecer se a causa for removida.

A maioria dos casos de leucoplasia não se transforma em câncer. Mas algumas leucoplasias são malignas quando diagnosticas ou têm alterações pré-cancerígenas que eventualmente podem evoluir para câncer se não forem devidamente tratadas.

A eritroplasia e a eritroleucoplasia são menos comuns, mas geralmente são mais graves. A maioria dessas lesões vermelhas pode ser uma lesão precursora de câncer, a biopsia confirmará a suspeita uma vez identificada a lesão.

No entanto, é importante notar que a maioria dos cânceres orais não se desenvolvem a partir de lesões pré-existentes.

 

Por isso, em caso de lesões suspeitas na boca, mesmo assintomáticas, procure um especialista.

 

FIQUE POR AQUI

Para mais informações sobre doenças, tratamentos, e muito mais, acesse o meu Instagram clicando aqui, e veja as outras notícias do meu site clicando aqui.

Category:
  Blog
this post was shared 0 times
 000

Leave a Reply