TIREOIDITE DE HASHIMOTO: O QUE É, SINTOMAS E TRATAMENTO!

By Equipe Dr. Alexandre 3 meses agoNo Comments
Home  /  Blog  /  TIREOIDITE DE HASHIMOTO: O QUE É, SINTOMAS E TRATAMENTO!

A glândula tireoide desempenha papel muito importante para manter o bom funcionamento do organismo.

Você sabia que existem diversos problemas que podem afetar o seu desempenho, como a tireoidite de Hashimoto?

Veja a seguir:

ENTENDA O QUE É A TIREOIDE DE HASHIMOTO

Tireoidite de Hashimoto, ou tireoidite linfocítica crônica é uma doença autoimune na qual o sistema imune ataca as células da tireoide, causando uma inflamação crônica dessa glândula.

Na tireoidite de Hashimoto, o organismo fabrica anticorpos contra as células da tireoide. Esses anticorpos provocam a destruição da glândula ou a redução da sua atividade, o que pode levar ao hipotireoidismo por carência na produção dos hormônios T3 e T4.

Em alguns casos, pessoas que adquirem essa doença podem sofrer com outros distúrbios endócrinos, tais como diabetes, anemia perniciosa, artrite reumatoide, síndrome de Sjogren ou, até mesmo, lúpus.

PRINCIPAIS SINTOMAS

Os sintomas são os mesmos provocados pelo hipotireoidismo, por isso, é comum apresentar:

  • Aumento fácil de peso;
  • Ligeiro inchaço da parte da frente do pescoço, no local da tireoide;
  • Cansaço excessivo;
  • Pele fria e pálida;
  • Baixa tolerância ao frio;
  • Cabelo e unhas mais fracos;
  • Dores musculares ou articulares.

O DIAGNÓSTICO DE TIREOIDE DE HASHIMOTO

O diagnóstico é feito por meio do exame de sangue, chamado de teste de função da tireoide e anti-corpos anti-tireoidianos. Os médicos medem os níveis sanguíneos dos hormônios produzidos pela glândula (T3, T4 e TSH) para verificar como está seu funcionamento além de anticorpos anti-tireoidianos.

O exame físico e a anamnese e ultrassom também são fundamentais para a obtenção de um diagnóstico preciso.

COMO É FEITO O TRATAMENTO

O tratamento não é para a tireoidite de Hashimoto, e sim para o hipotireoidismo. Como há uma deficiência na produção hormonal, o paciente precisa utilizar medicamentos de reposição e estar em constante acompanhamento com um médico especializado. A dose da suplementação de levotiroxina irá variar de acordo com o nível de deficiência dos hormônios no sangue.

SAIBA MAIS

Para mais informações sobre doenças, tratamentos, e muito mais, acesse o meu Instagram clicando aqui, e veja as outras notícias do meu site clicando aqui.

Category:
  Blog
this post was shared 0 times
 000

Leave a Reply